O joelho é uma das articulações propensas a sofrer lesões de diversas formas, seja por trauma direto ou indireto, como no caso da entorse. Além disso, o seu uso inadequado e excesso de carga são outros sérios riscos.

Principais lesões:

– Lesão no ligamento colateral medial: O sintoma primário é a dor na região interna do joelho. O tratamento é feito com imobilização e fisioterapia, com tempo de recuperação total do joelho de três a seis semanas.

– Ligamento cruzado anterior (LCA): Geralmente, a lesão ocorre após uma torção do joelho com o pé fixo no chão. A lesão geralmente é tratada cirurgicamente em esportistas profissionais ou recreacionais, mas pode ser tratada através da fisioterapia apenas, em casos selecionados.

– Lesões do menisco: decorrentes de traumas rotacionais, processos degenerativos articulares ou malformações das estruturas meniscais.

– Tendinite: inflamação dos tendões acima ou abaixo da patela, geralmente lesionados por sobrecarga ocasionada por exercícios ou degeneração.

O que pode causar uma lesão no joelho:

Atividade física sem orientação, acidente, excesso de peso e fatores genéticos são causas comuns.

Mulheres devem redobrar os cuidados com calçados, pois o uso constante de salto alto sobrecarrega o quadril e os joelhos, deixando-os hiperextendidos.

Tratamento para lesões no joelho:

O tratamento das lesões depende de diversos fatores que incluem exames, local da lesão e intensidade dos sintomas. Uma das alternativas para tratar uma lesão é a fisioterapia, principalmente em pacientes diagnosticados com artrose, tendinites, tendinopatias, condropatia patelar, lesões de menisco, entre outros. Porém, a consulta a um especialista em joelhos é fundamental para a indicação do tratamento correto e, se necessário, a realização de uma intervenção eficaz.

Patologias e tratamentos

Lesões do ligamento cruzado anterior (LCA)

A lesão do ligamento cruzado anterior é uma das lesões mais comuns no joelho.

Atletas que praticam esportes de alta demanda, amadores ou recreacionais, como o futebol, tênis, corrida e lutas marciais, têm maior probabilidade de lesão no joelho.

A lesão do LCA causa instabilidade no joelho sendo necessário, muita vezes, uma intervenção cirúrgica para recuperar as funções do joelho. Ela dependerá de vários fatores, entre eles: a gravidade do ferimento e o nível de atividade do paciente.

Veja mais
Rupturas do menisco

As lesões meniscais estão presente em quase todas as idades, sendo as mais comuns no joelho. 

Atletas, que praticam esportes de contato, têm mais chances de lesionar o menisco. Entretanto, idosos podem apresentar lesões agudas e crônicas, normalmente associado a artrose no joelho.

Veja mais
Artroplastia (prótese) total de joelho

A prótese do joelho está indicada quando o joelho apresenta quadro de artrite (artrose) moderada à grave ou por ou por limitação de atividades simples, como caminhar ou subir escadas, e ter uma boa vida social.

Se o tratamentos conservador, como medicamentos e fisioterapia, não são mais capazes de ajudar, pode estar na hora de pensar em fazer uma artroplastia total de joelho. A artroplastia da articulação é um procedimento seguro e efetivo para aliviar as dores, corrigir deformidades no membro e ajudar a retornar às atividades normais.

Veja mais
Infiltração - Viscossuplementação

A infiltração de ácido hialurônico ou viscossuplementação é a introdução de um medicamento em forma de gel que tem a função de lubrificar a cartilagem articular, aliviar a dor e inflamação do joelho e tratar a cartilagem de forma segura e eficaz.

Veja mais

Mais informações, acesse aqui.