Você precisa de cirurgia de quadril?

cirurgia de quadril

Dependemos muito da articulação do quadril para realizarmos nossa movimentação normal, então problemas nessa área geram muito impacto negativo na qualidade de vida do paciente. Você precisa de cirurgia de quadril? Entenda!

O quadril

A articulação do quadril é composta pela cabeça do fêmur conectada por ligamentos ao acetábulo (cavidade no quadril).

Essa superfície é coberta por cartilagens articulares e pela membrana sinovial, cuja função é secretar um líquido que lubrifica a região para eliminar o atrito.

Desgastes nessa cartilagem são causa muito comum para a cirurgia de quadril!

Intervenção cirúrgica

Quando o dano ao quadril é pequeno ainda é possível fazer o tratamento com fisioterapia e medicamentos.

Já em casos onde o quadril está muito danificado, seja por desgaste, fratura ou problemas circulatórios, por exemplo, é necessário uma intervenção cirúrgica.

A artroplastia total de quadril é um método cirúrgico já antigo, e consiste na remoção e substituição das partes danificadas por próteses. Esse é um procedimento antigo e com alta taxa de sucesso, podendo ser recomendado para todas as idades!

A artroscopia (vídeo cirurgia) do quadril é um procedimento minimamente invasivo indicado em casos de impacto femoro acetabular, e muita outras patologias, permitindo uma recuperação mais rápida e ativa do paciente.

A cirurgia de quadril é feita com o uso de anestesia, e dura algumas horas. Pode ser necessário ficar alguns dias no hospital para a recuperação do paciente.

Orientações do ortopedista

O contato com um ortopedista de confiança é essencial desde a descoberta do problema até o pós-operatório.

Esse profissional irá fazer uma avaliação do seu caso, verificando se a cirurgia de quadril é a melhor solução para você e explicando quais resultados esperar.

Caso você opte pela cirurgia de quadril, o ortopedista te dará todas as orientações para o processo. No pré-operatório é necessário realizar alguns exames e tomar algumas medidas para se preparar para a cirurgia.

Após a cirurgia, o ortopedista irá passar orientações importantes para o planejamento doméstico, com o objetivo de evitar quedas.

Recuperando a qualidade de vida

O acompanhamento médico continua após a cirurgia de quadril. Além do manejo da dor com medicamentos, e prevenção de infecções e coágulos, é essencial que o paciente faça fisioterapia para se recuperar!

Os exercícios são específicos para fortalecer a região submetida à cirurgia, e são necessários para que o paciente volte a se movimentar sozinho.

Seguindo todas as orientações, em pouco tempo você terá sua movimentação de volta sem as dores e desconforto, então procure um ortopedista para avaliar a possibilidade de fazer uma cirurgia de quadril!