Saiba quais são as principais doenças das mãos

doenças das mãos

Os traumas e as doenças na região das mãos são comumente tratadas na prática do médico ortopedista. Segundo dados do Hospital das Clínicas da FMRP-USP, em 2000, 27% do total de casos atendidos pela clínica de Ortopedia e Traumatologia corresponderam a agravos na mão. Dessa forma, por ser uma área delicada e nobre do nosso corpo, a região requer atenção especial, já que é comumente lesada. Por isso, este texto pretende discorrer sobre os diferentes tipos de doenças que usualmente acometem as mãos.

As deformidades da mão

As deformidades são lesões que usualmente acometem as mãos e podem ser decorrentes tanto de alterações localizadas quanto de condições generalizadas, que acometem todo o corpo. Um exemplo de condição localizada que pode causar deformações nas mãos são as fraturas e os deslocamentos que as envolvem especificamente. 

Já um exemplo de deformidade decorrente de uma doença generalizada é a artrite reumatoide. Essa é uma condição na qual as próprias células de defesa do corpo atacam as articulações, provocando rigidez e deformações. Por fim, as deformidades da mão merecem acompanhamento médico especializado, uma vez que, quando ela se torna completamente estabilizada, sua correção torna-se muito mais complexa, exigindo intervenções cirúrgicas.

As infecções da mão

As infecções das mãos são representadas mais comumente por doenças associadas às bactérias, aos vírus e aos fungos – os últimos especialmente importantes em pacientes imunossuprimidos. Essas infecções são representadas por doenças como a paroníquia, ferimentos por picadas infectadas, o panarício herpético, abcessos palmares e a tenossinovite infecciosa dos flexores. 

As infecções da mão podem necessitar de um tratamento que combine drogas, como os antibióticos, com procedimentos, como a drenagem de pus. No entanto, em ambientes hospitalares, as infecções das mãos podem ser mais graves e demandar o acompanhamento de um infectologista, profissional treinado para reconhecer e auxiliar no tratamento dessas lesões.

A síndrome de compressão neural na mão

A síndrome de compressão neural da mão é uma condição na qual existe uma compressão de algum nervo na região. A síndrome do túnel do carpo é uma exemplificação dessa condição, na qual ocorre uma compressão do nervo mediano, geralmente por esforços laborais repetitivos. 

O diagnóstico dessa condição pode exigir o estudo da condução nervosa, realizada por meio de testes como a eletromiografia. O tratamento da síndrome do túnel do carpo, por sua vez, geralmente compreende tanto descanso e modificação do ambiente de trabalho quanto a injeção de corticoides ou mesmo a cirurgia, em situações específicas. 

A tenossinovite não infecciosa

Já a tenossinovite não infecciosa encontra-se no rol das tendinopatias, que acometem tendões ao redor de todo o corpo. Nessa doença, ocorre uma inflamação tanto dos tendões da mão quanto de seu revestimento. Sua causa ainda não está completamente explicada, porém, atinge principalmente as pessoas idosas, cujos tendões são menos vascularizados, e os atletas, que costumam realizar esforços repetitivos. 

Nessa doença, a inflamação crônica do tendão pode levar à restrição da movimentação, como ocorre na síndrome de Quervain, na qual os polegares são acometidos. O tratamento da tenossinovite não infecciosa, por sua vez, é realizado com medidas como o repouso e também com anti-inflamatórios e corticoides injetáveis. 

A importância do acompanhamento médico

As condições listadas acima variam em gravidade e possuem diferentes tratamentos. É importante que tanto o reconhecimento dessas condições quanto seu tratamento sejam realizados por um médico qualificado para indicar o que há de melhor para cada caso. 

Na Verticali Ortopedia, você conta com uma equipe de médicos que são referência em suas áreas e garante o melhor cuidado para a sua saúde. Agende hoje mesmo a sua consulta.